Deputado diz que quilombolas, índios e homossexuais são “tudo o que não presta” e incita violência

Um vídeo gravado em audiência pública com produtores rurais, em Vicente Dutra (RS), registra discursos de deputados da bancada ruralista estimulando que agricultores usem de segurança armada para expulsar indígenas do que consideram ser suas terras.

“Nós, os parlamentares, não vamos incitar a guerra, mas lhes digo: se fartem de guerreiros e não deixem um vigarista desses dar um passo na sua propriedade. Nenhum! Nenhum! Usem todo o tipo de rede. Todo mundo tem telefone. Liguem um para o outro imediatamente. Reúnam verdadeiras multidões e expulsem do jeito que for necessário”, diz o deputado Alceu Moreira (PMDB-RS). “A própria baderna, a desordem, a guerra é melhor do que a injustiça”, defende.

Ele afirma que o movimento pela demarcação de terras indígenas seria uma “vigarice orquestrada” pelo ministro da Secretaria Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho. Moreira diz também que tal movimento seria patrocinado pelo Ministério Público Federal, o qual, segundo ele, defenderia a “injustiça”.

No vídeo, o presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária, deputado federal Luís Carlos Heinze (PP-RS), diz que índios, quilombolas, gays e lésbicas são “tudo que não presta”.

“Quando o governo diz: ‘nós queremos crescimento, desenvolvimento. Tem de ter fumo, tem de ter soja, tem de ter boi, tem de ter leite, tem de ter tudo, produção’. Ok! Financiamento. Estão cumprimentando os produtores: R$ 150 bilhões de financiamento. Agora, eu quero dizer para vocês: o mesmo governo, seu Gilberto Carvalho, também é ministro da presidenta Dilma. É ali que estão aninhados quilombolas, índios, gays, lésbicas. Tudo o que não presta ali está aninhado”, discursa Heinze.

Ele também sugere a ação armada dos agricultores. “O que estão fazendo os produtores do Pará? No Pará, eles contrataram segurança privada. Ninguém invade no Pará, porque a brigada militar não lhes dá guarida lá e eles têm de fazer a defesa das suas propriedades”, diz o parlamentar. “Por isso, pessoal, só tem um jeito: se defendam. Façam a defesa como o Pará está fazendo. Façam a defesa como o Mato Grosso do Sul está fazendo. Os índios invadiram uma propriedade. Foram corridos da propriedade. Isso aconteceu lá”.

Veja os principais trechos do filme

Promovida pelo também deputado ruralista Vilson Covatti (PP-RS), que pertence à Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (CAPADR) da Câmara, a audiência pública aconteceu em novembro do ano passado e seu tema foi o conflito dos produtores rurais com os indígenas do povo Kaingang, que vivem na Terra Indígena Rio dos Índios, de 715 hectares.

Em dezembro do ano passado, produtores rurais do Mato Grosso do Sul organizaram um leilão para arrecadar recursos para a contratação de seguranças privados para impedir a ocupação de comunidades indígenas. O evento recolheu mais de R$ 640 mil e foi apoiado pela bancada ruralista. Parlamentares como a senadora Kátia Abreu (PMDB-TO), presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), estiveram presentes e defenderam a iniciativa.

47 opiniões sobre “Deputado diz que quilombolas, índios e homossexuais são “tudo o que não presta” e incita violência”

  1. Quem nao presta sao esses politicos que nao deveriam estar em Brasilia e sim num Presidio de Seguranca maxima esses sim sao bandidos e usam nosso dinheiro para pagarem seus salarios

    1. Caros amigos!!!! Esses Deputados pedem votos aos quilombolas e Indios e os demais seres humanos, Esses maus agradecidos que são os deputados vivem prometendo que vai lutar por tres etnias, promessas enganosas de pois que se elegem dizem que indios não prestam e os demais também..Quem não presta esse Deputados que pensam e defendem pelo seu bolso. Olha não generalizar os demais politicos pq temos politicos bons que pensam pelos menores esses Deus irá proteger.Mas os demais politicos ladrões Deus irá retirar um por um, por causo desses que falam mal dos indios são tropas de vagabundos, Deves de pensar de fazer uma solução dos traficante e bandidos politicos que não presta é isso, dão todo apoio as bandidagem, que vivem assaltando as pessoas de bem o Brasileiro so vivem trabalhando de dia pra comer noite, Esses politicos o brasileiro deve estar atento de olho nele não deixem que ele te enganem.

      1. Por que as organizações ou entidades indígenas e outras que foram tingidas por esses deputados, não iniciam processo contra essas falas racista?

  2. Essa oligarquia rural odeia o povo simples e o PT. Denunciei isso na tribuna da Assembleia Legislativa Gaúcha agora a pouco. Estou encaminhando denúncia ao MPF. Esses deputados que falam revelam suas personalidades fascistas. Não dá pra ficar calado perante esses absurdos.

  3. Não está incitando a guerra? Ta fazendo o que então, comprando flores? só pode. “O que não presta” e o que atrasa o país, não é índio, gay, quilombolas, é pessoas com pensamentos tão estúpidos e discursos digestivos como o desse IDIOTA ai. “O pior crime que possa existir, é o crime intelectual” Perdoai-vos Mestres, esses idiotas não sabem o que dizem.

  4. Estou com nojo dessa raça! Estou indignada com estes políticos racistas e homofóbicos!
    Quem presta são eles que são pagos com o nosso dinheiro e pra quê ?Pra nos agredirem desta forma???
    Algum advogado aí pra nos ajudar com ações judiciais pra ensinarmos a eles como é ver o sol nascer quadrado?

  5. Cambada de sem vergonhas, nefastos!!!! Querem transformar as matas do Pará em lavouras envenenadas!!!!! Querem expulsar os índios das suas terras!!! Esse Luiz Carlos Heinze está incitando a guerra!!!!!! Tem que prender esse homem!!!! Essa gente nojenta não gosta de Gay e GLTs, e eu me pergunto: em que mundo que eles vivem???? Tem muito “direitoso” lavoureiro e gay também. Racistas, homofóbicos!!!!!!!!!!

  6. Esse tipo de bandido que aprova desmatamentos, e tudo o que contribui para a devastação da natureza, essa raça maldita que são os ruralistas, esses deveriam ser destruídos, ganham eleições em cima de muito dinheiro que bancam suas campanhas.

  7. sai dai cambada de ladrões vão fazer leis decentes k traga beneficios a população que nojo desse tipo gente de que ganha eleição com voto. de pessoas que sempre vota errado.

  8. Vajam só quem governa
    nosso Amado Brasil.?
    quanta merda e
    desamor na cabeça e no
    coração d certos
    políticos… Como diz Tom
    Zé ” essa politimerdia”
    eu digo ESSA POLÍTICA
    D MERDA mesmo!
    Tenho nojo dessas
    cabeças cheia d merda
    desses tipos.

    1. Pois é. Hoje quem assistiu o Jornal do Almoço pode ouvir da boca do covarde que ele tinha o maior respeito pelos homossexuais. Imaginem o que ele mentirá, digo falará, quando vier pedir o seu voto nas próximas eleições.

  9. Lamentável esses conservadores no poder. Temos que aguentar tanto a bancada evangélica quanto a bancada ruralista. O resultado é este: espoliação de terras indígenas com genocídio,e preconceito racial e de gênero! Defendem apenas os interesses de quem está no poder há 500 anos escravizando, matando e roubando…hei Brasil…

  10. É ele não entrou lá sozinho, alguém votou, e se leis fossem cumprida por todos, negros ,índios, brancos, agricultores,gays, sem terras,ou pelas populações urbanas, nós estaríamos bem.No entanto alguns só criticam e não fazem, outros querem que políticos façam ,mas não se candidatam a nada ,não precisamos criar mais leis , mas sim cumprir as que já temos, está de bom tamanho. E cada um fazer a sua parte.

  11. Há muito preconceito inserido em cada palavra destes dois senhores, embora devemos lembrar que o Brasil durante muitos anos não respeitou e muito menos demarcou terras, isso é algo novo e estes donos de imensas areas de nosso país reclamam, pois na visão deles estão roubando a terra que era dele, de seus pais, avós… Enfim!
    Por o outro lado a questão indígena foi muito “desgastada de auxílio” e somente nestes últimos anos que está havendo preocupações com este tema.
    Muito perigoso é sabermos que alguns ainda aplaudem isso, mas há em maioria da população brasileira, um pensamento de que índio é preguiçoso, que negro não presta e que ser homossexual é safadeza.
    O índio vive em outra sociedade e possui necessidades absolutamente diferentes das nossas, pensando nesta perspectiva uma pessoa sem o conhecimento necessário está correta em crer “que são preguiçosos”, isso se dá pela falta de conhecimento que temos sobre outras sociedades, outros agrupamentos, se dá efetivamente por este sistema que faz o homem crer que o “O trabalho enobrece”, por tanto é um problema conceitual e uma luta entre sociedades diferentes, e temo que a nossa acabará um dia vencendo, por ser maior, ter outras possibilidades… Enfim, quem luta mantenham se na luta pelos indígenas que merecem suas terras, embora devamos saber que a invasão européia está aqui, as terras são de todos os brasileiros, embora os índios tenham outro tipo de agrupamento social o qual precisa ser respeitado e por este motivo devem ter suas terras demarcadas e respeitadas.
    Quanto as negros, basta recordar alguns trechos da história de nosso país.
    Aos gays, são pessoas comuns com outra sexualidade.

    Vamos lutar pela humanidade, juntos e transformar, e dar voz!

  12. LUIS CARLOS HEINZE, infelizmente deputado(representante do povo, da ANA AMÉLIA, do PP, da direita) que não aceita o direito dos oprimidos e a voz das minorias, é um ser abjeto, capitalista e subserviente do capital e que se locupletou ao longo de sua carreira política. O povo tem que ficar atento e memorizar bem de onde vem esse tipo de manifestação. Temos que responder sempre a altura e se preciso for usar as mesmas armas que eles usam, não devemos baixar a guarda nunca, devemos estar atentos e vigilantes.

  13. Vejam um comentário feito por um cidadão sobre as manifestações desses dois deputados, no facebook. ABSURDO!!!!!
    João Bottega Bottega: parabens aos deputados, continuem defendendo os agricultores, a Funai esta importando indio do paraguai, pois os que tem no RS, ja estão nas reservas, e quilombolas não existem no RS, tem funcionários da funai desta região de Vicente Dutra que quer ficar com alguma terrinha .
    13 de fevereiro às 18:42 · Curtir
    Joao Bottega Bottega Na constituição diz que todos somos iguais perante a lei, porque preto e indio tem mais direitos que o restante da população?
    13 de fevereiro às 18:45 · Curtir

  14. isto que chamo de um pais sem leis um deputado deste nos colocamos ele no poder agora ele vem com uma baixaria desta e uma vergonha para o povo brasileiro eu como sou cacique da etinia mokurin acho isto uma baixaria senhores deputados nos nao estamos querendo coisa de ninguem nao e so o que nos pertesem bando de corrupito com eseçao de alguns que abracao as causas indigenas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s